Sistema de despoeiramento industrial: o que é e para que serve?

10 min. leitura

O sistema de despoeiramento industrial ou desempoeiramento industrial atua, basicamente, no tratamento do ar industrial antes de ser lançado na atmosfera. Independente da área de atuação e das matérias-primas manipuladas, as indústrias realizam processos que geram resíduos. 

Por isso, é importante ter um cuidado com o descarte correto desses rejeitos. Não se trata apenas de estar em conformidade com as leis e normais ambientais, isso também é importante. Mas é fundamental que as indústrias tenham uma preocupação genuína com o meio ambiente e a saúde dos funcionários. 
 

O que é um sistema de despoeiramento industrial? 

O sistema de despoeiramento industrial é composto por um conjunto de artefatos responsáveis pela limpeza do ar. A partir desse sistema é possível impedir que as partículas contaminadas se espalhem pelo ambiente. 

Em outras palavras, o sistema de despoeiramento industrial trata o ar com partículas de poeiras, gases e todos os tipos e fragmentos presentes no ambiente. Durante o processo são analisados os pontos geradores de pó para então, realizar a captação e a renovação de ar.
 

Como o sistema de despoeiramento funciona?

O sistema de despoeiramento é composto por filtros de ar, ventiladores, dutos, válvulas, limpador automático de filtros, transporte pneumático, entre outros componentes.

Confira a função de cada um dos equipamentos dentro do sistema: 


Ventiladores 

Os ventiladores são responsáveis pela movimentação do ar e seus gases dentro do ambiente. 

O modelo utilizado, geralmente, é o ventilador centrífugo, com arranjo direto provido de acoplamento elástico ou por polias e correias acionados por um motor elétrico ou à combustão.
 

Dutos

O sistema de despoeiramento industrial contém dutos que interligam os pontos de captação do ar até o filtro e do filtro até o ventilador.

Para realizar essa movimentação do gás é utilizado um ou mais ventiladores, podendo ser configurados em paralelo ou em série, dependendo da necessidade. 
 

Válvulas de vedação

As válvulas de vedação possibilitam a saída dos resíduos sem perder pressão.

Estas válvulas são do tipo rotativo, de duplo estágio ou, ainda, uma caixa vedada com feixe de fácil remoção para descarte do material.


Transportador pneumático

O transportador pneumático é uma rede de tubos onde os resíduos são propulsionados ou comprimidos por vácuo.
 

Filtros de ar

Os filtros de ar realizam a captação, barragem e separação das partículas, proporcionando ar limpo para o ambiente. Dependendo do tipo de substância gerada no processo industrial, indica-se o uso de filtros específicos. Tudo vai depender dos resíduos gerados e o grau de pureza do ar a ser atingido.

O filtro cartucho ou filtro manga, por exemplo, é mais utilizado para aplicações que necessitam retenção de partículas sólidas e secas. Ele é composto por elementos filtrantes de alto rendimento para filtração do ar contaminado nos diversos segmentos industriais. 

Neste sistema, as válvulas serão acionadas somente quando for identificada a saturação do elemento filtrante. Promovendo assim uma considerável economia do ar comprimido, que resulta em eficiência energética, além da preservação das válvulas solenoide e cartuchos.
 

Separação de partículas de poeira 

Os sistemas de despoeiramento industrial realizam a separação de partículas de poeira utilizando dois métodos. São eles: 
  1. Partículas maiores são retidas por um sistema de despoeiramento ciclone gravitacional. Ele as atrai para si, até que se fixem às paredes do coletor.
  2. Partículas menores são captadas pelo sistema de despoeiramento com filtro manga ou cartucho.

Cálculo de sistema de despoeiramento

Para estabelecer o cálculo do sistema de despoeiramento industrial é preciso calcular a taxa de renovação do ar.

Veja a fórmula: 
Comprimento x largura x altura x número de trocas x 3600 = xxx m3/h.
 

Quais os tipos de indústria que necessitam de sistema de despoeiramento? 

Como já vimos anteriormente, o processo de despoeiramento trata o ar para ser liberado no meio ambiente. Isso minimiza riscos de danos como doenças, poluição e degradação ambiental. 

Em quase todos os processos industriais é indicado ter um sistema de despoeiramento. Confira quais são os setores mais comuns: 
  • Indústrias de alimentos
  • Indústria farmacêutica
  • Indústria de plásticos
  • Processos de pinturas
  • Processos abrasivos
  • Fornos
  • Indústria de mineração

Quanto tempo dura um sistema de despoeiramento industrial? 

Com a manutenção preventiva correta que consiste em: limpeza, pintura e verificação das estruturas dos equipamentos é possível que o sistema de despoeiramento dure por mais de 40 anos. Exceto os elementos filtrantes, que devem ser trocados periodicamente.
 

Tenha um projeto personalizado na sua indústria

A Windtec possui atendimento especializado e personalizado do projeto ao pós-venda. Nossa equipe está pronta para lhe atender e sanar todas as suas dúvidas. 

Nossa engenharia está à sua disposição, faça um orçamento